18 de jun de 2009

Isso é de comer?????


Essas amoras Chicasaw´s são mesmo grandes!! Até agora foram as maiores de nossas experiências.. Maiores que a própria Tupi. Têm um sabor um pouco mais ácido e seus receptáculos são muito grandes, em comparação aos da Tupi. Mas são muito interessantes....

12 de jun de 2009

jardim de berries

Da esquerda para a direita: Rubus ursinus (amora preta cv tupi) - Rubus loganobaccus (Loganberry), Rubus idaeus (framboesa cv heritage) , Rubus idaes (framboesa fall gold) , Rubus erithrocladus (amora verde); Vaccinium corimbosum (mirtilo delite)

Nada melhor que colher suas próprias berries!! Para uma geléia, um suco ou ainda comer com cereais no café da manhã... Um jardim de berries é uma opção para quem quer ter exclusividade no seu quintal ou na sua chácara. É uma experiência única. Onde a saúde encontra o sabor. Onde as crianças se encantam, de tal forma a terem boas recordações para as clássicas redações "Minhas Ferias" . Mirtilos, amoras, framboesas e groselhas. Frutas. Utopia. Frutopia!!!!

5 de jun de 2009

Porque as plantas precisam do frio?




As plantas de clima temperado estão tão adaptadas ao frio que sem ele não completam o seu ciclo fenológico. Normalmente estas plantas precisam acumular uma quantidade de horas de frio (abaixo de 7,2 graus centigrados) que vão de 200 horas a 1500 horas, dependendo de cada espécie. Algumas amoras precisam de 200 a 300 horas de frio por exemplo. Já as cerejas doces (Prunus avium) necessitam de no mínimo 1000 horas de frio assim como as groselhas que variam de 900 a 1300 horas.
Este acúmulo de horas de frio serve para que a planta faça uma diferenciação floral em detrimento de gemas foliares ou caulinares. Isto se dá devido a um balanço hormonal entre o os àcidos Indol acéticos e (AIA) e as giberelinas (GA), além de diversas outras ocorrências fisiológicas durante o período de hibernação.
Para estas frutas o frio também serve para o expurgo de doenças e pragas além de estimular a formação de ligninas e suberinas que vão engrossar e fortificar seus lenhos.
Que venha o frio...